O resultado final de uma cirurgia plástica depende de alguns fatores, são eles as condições de saúde do paciente, o andamento do procedimento cirúrgico, a escolha de um profissional qualificado, os cuidados pós-operatórios e também os cuidados pré-operatórios. Esses cuidados são pouco divulgados, mas são essenciais para o sucesso da cirurgia e a obtenção do resultado desejado.

Primeiramente, é preciso escolher um profissional confiável e realizar uma avaliação médica. É papel dele esclarecer dúvidas, entender as expectativas do paciente e alertá-lo quando essas não puderem ser atendidas, apresentando assim outras opções mais adequadas.

Na consulta inicial é importante elucidar os riscos do procedimento, o tipo de anestesia, tempo de cirurgia, necessidade de internação hospitalar, cuidados pós-operatórios e cicatrizes. Além disso, o paciente deve informar ao médico sobre toda e qualquer medicação da qual faça uso mesmo as homeopáticas e naturais. O cirurgião requisitará todos os exames necessários para a aprovação do procedimento.

Pacientes fumantes devem parar de fumar pelo menos duas semanas antes do procedimento, idealmente, um mês antes. Isso porque o cigarro piora a circulação e a oxigenação sanguínea, o que pode afetar o andamento da cirurgia e prejudica o processo de cicatrização. Além disso, aumenta o risco de trombose e embolia pulmonar. Mulheres que fazem uso de anticoncepcionais via oral, injetável e por adesivos também correm esse risco, por isso é necessário deixar de utilizar essa medicação pelo menos 30 dias antes da cirurgia.

Para levar uma vida saudável, a alimentação é fator chave. Como não poderia deixar de ser, ela influencia também no resultado de qualquer intervenção cirúrgica. Meses antes do procedimento, é recomendada uma alimentação rica em vitaminas A, B, C e K, zinco, cobre e ferro. Isso auxilia também na saúde da pele, mas é necessária uma atenção especial a ela. A hidratação diária – recomenda-se duas vezes por dia – previne o aparecimento de estrias, principalmente no caso de cirurgias que requerem elasticidade da pele.

Em casos de pacientes hipertensos, recomenda-se uma visita ao médico 20 dias antes do procedimento para ajustes na medicação pois a ansiedade pela cirurgia e seus resultados podem afetar a pressão arterial. Quando se trata de medicação, é importante evitar a ingestão daqueles que interferem na coagulação sanguínea, como o ácido acetilsalicílico, anti-inflamatórios não-hormonais, diuréticos e remédios para emagrecimento, pelo menos 10 dias antes da cirurgia.

Dias antes do procedimento, recomenda-se não ingerir bebidas alcoólicas e comidas gordurosas. E, nas 24h que precedem a intervenção, não se deve utilizar óleos ou hidratantes corporais, bem como maquiagem e esmalte nas unhas. Em caso de gripe ou infecção há dois ou menos dias da cirurgia, o médico deve ser informado para remarcação da mesma.

 




Categorias: PROCEDIMENTOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Posts Relacionados

AUMENTO DE GLÚTEO

Lipoenxertia no Glúteo – Conheça o Procedimento!

Os glúteos são parte importante do contorno corporal e interferem diretamente na forma como as mulheres enxergam seu corpo. Uma assimetria ou falta de volume nessa região pode afetar a autoestima do paciente e uma Leia mais…

PROCEDIMENTOS

Crises Conjugais e a Cirurgia Plástica

Uma Cirurgia Plástica Pode Salvar Meu Relacionamento? Saiba Por Que Não. Já falamos sobre a relação que a autoimagem tem com o desejo de realizar uma cirurgia plástica. Entretanto, é preciso levar em conta também Leia mais…

PROCEDIMENTOS

Será Que Esta Cirurgia é Mesmo Indicada Pra Você?

Uma das Perguntas Mais Frequentes aos Cirurgiões Plásticos: “Será Que Esta Cirurgia é Mesmo Indicada Pra Mim?” A autoimagem é uma percepção pessoal, raramente baseada em critérios objetivos, que temos de nós mesmos. Ela começa Leia mais…

%d blogueiros gostam disto: